Dra. Cláudia lança seu livro


Familiares, amigos, profissionais da saúde e autoridades prestigiaram o momento



No último sábado (11), a primeira paciente a ter Covid-19 no DF, lançou o seu livro “Você vai Viver” em uma tarde de coquetel, em seu escritório no Lago Sul. A obra tem como objetivo encorajar as pessoas a superarem todas as dificuldades. A escritora Cláudia discursou e em seguida autografou e tirou fotos. Os presentes puderam adquirir o livro para sair do evento com uma dedicatória da autora.

Cláudia Patrício, que é advogada, também foi a primeira paciente a ser entubada por decorrência do coronavírus e foi quem chegou ao estado mais grave da doença e que sobreviveu. No livro, além de relatar sobre o enfrentamento da enfermidade, também conta sobre a descoberta do câncer de mama, ocorrido no começo de 2021.

Estiverem no evento familiares, amigos, profissionais da saúde do Hospital Regional da Asa Norte- HRAN, onde a autora foi bem acolhida e cuidada, também médicos especialistas do Hospital Brasília e Hospital Sírio-Libanês. A secretária da Secretaria da Mulher, Sra. Éricka Filippelli também compareceu.


Profissionais da saúde do HRAN.


Dr. Rodrigo Biond, do Hospital Brasília.


Secretaria da Secretaria da Mulher, Sra. Ericka Filippelli.


Dr. Fernanda Cesar, do Hospital Sírio-Libanês



Adquira o seu combo pelo link https://www.kalytek.com/produtos/vocevaiviver-combo/ ou https://www.kalytek.com/produtos/voce-vai-viver/


Carreira Advogada e jurista por amor e vocação há mais de 3 décadas. É na capital federal que mantém sua residência e sede do escritório, sempre norteada pelos princípios éticos e morais que regem a profissão. A Dra. Cláudia galgou patamares de grande respeito tanto no meio jurídico como diante dos inúmeros clientes atendidos tanto no Brasil como no mercado internacional. Doutora em processo, atua com maestria em áreas diversas juntamente com sua equipe.


Livro

A obra “Você vai Viver” recebe esse nome pois foram as últimas palavras que a escritora escutou do seu médico antes de ser entubada.

Acostumada aos grandes embates no âmbito jurídico, sempre buscou defender as suas teses de forma aguerrida e certa de seu êxito, enfrentando algozes ferozes, porém, previamente prepara para tais embates. Assim, não esperava se deparar com um inimigo tão feroz, letal e, o pior de tudo, invisível, que a deixou sem qualquer chance de defesa: o vírus impiedoso SARS COV 2 - COVID-19.

Em seu livro, ela mostra que pode-se superar todas as lutas da vida e que algumas podem se tornar oportunidades.

A natural de Natal, RN, além de tratar sobre a Covid-19, também fala da sua luta para se curar do câncer de mama, da qual foi detectada no começo desse ano. Já fez as sessões de quimioterapia, também a cirurgia e hoje está curada.

O amor do seu esposo, André de Souza Costa, nascido em Manaus, também é retratado no livro, assim como o apoio da família e claro, do papel fundamento dos profissionais de saúde.