Primeira pessoa infectada pela covid no DF é vacinada, mas enfrenta nova luta

No início deste mês, a advogada Cláudia Patrício anunciou nova batalha contra um câncer de mama, diagnosticado após os tratamentos da covid


A advogada Cláudia Patrício, de 53 anos – registrada como a primeira paciente de Covid-19 no Distrito Federal, em março de 2020 – recebeu na última semana, a segunda dose da vacina contra a doença e anunciou sua nova luta contra um câncer de mama.


No início de 2020, Cláudia contraiu o vírus em uma viagem ao Reino Unido, com o esposo André de Souza Costa, que também testou positivo. Ela chegou a ficar internada na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) – 46 dias em coma induzido – e passou por uma recuperação em um hospital particular do Lago Sul, em decorrência das sequelas deixadas pelo coronavírus (Covid-19). Somente em junho e, após diversos tratamentos, Cláudia se curou e recebeu alta.


No início deste mês, a assessoria da advogada divulgou sua nova batalha contra um câncer de mama, diagnosticado após os tratamentos da Covid-19. Em nota, a família pediu orações: “Que vocês possam continuar orando pela recuperação da Dra. Cláudia e aqueles que passam pelo mesmo problema também sejam curados”.


Imunizada


A moradora do Lago Sul recebeu a segunda dose da vacina Astrazeneca contra a Covid-19 no último dia 5, em um ponto de vacinação no Parque da Cidade. Nas redes sociais, seu esposo André comemorou e agradeceu ao carinho dos profissionais que cuidaram de Cláudia no tempo em que esteve no hospital. Ele deixou um recado para a população: “Vacinem-se”.


Fonte: https://jornaldebrasilia.com.br/brasilia/primeira-pessoa-infectada-pela-covid-no-df-e-vacinada-mas-enfrenta-nova-luta/