Itamaraty fará em poucos dias consulta à China na OMC sobre barreira do açúcar

Atualizado: 17 de mai. de 2021



O Brasil deverá iniciar nos próximos dias um processo na Organização Mundial do Comércio (OMC) contra salvaguardas impostas pela China ao açúcar brasileiro. O inicio do processo foi autorizado pela Câmera do Comércio exterior (CAMEX) e a primeira etapa, que é um documento de consultas à China, já está em elaboração e deverá ficar pronto até o final do mês, segundo fonte do Itamaraty.

No ano passado, a China decidiu elevar em 95% a taxa sobre importação do açúcar brasileiro, alegando que o seu mercado estava sendo inundado pelo produto. A primeira etapa do processo é uma consulta no âmbito do mecanismo de soluções controvérsias da OMC . O Brasil terá 10 dias para responder.

Depois abre se um prazo de 60 dias para tentar chegar ao acordo. Se não for possível é aberto um painel. Ao longo do ano foram realizadas negociações sem sucesso até o presente momento. Por isso, a camex autorizou o inicio do processo.


Acompanhe a matéria na integra em www.dinheirorural.com.br